Arquivo da tag: Betmotion

PROMOÇÃO COACHING ROSE GAMBIT

O Queens of Poker trás mais uma parceria de peso! Rose Gambit, jogadora profissional de poker e integrante do Team Leo Bello, se une a nós para contribuir com esse projeto que tanto amamos!

Rose Gambit ministrará coachings em formato de aula teórica ou review de hand history para as campeãs de uma série de três torneios freeroll que ocorrerão no último domingo dos meses de agosto, setembro e outubro no Betmotion!

Nosso muito obrigado por reservar um tempo importante para esse projeto, compartilhando todo seu conhecimento e experiência! Muito nos honra a tua contribuição! Uma oportunidade única de aprendizado e crescimento!

Curtiram? Então conheçam mais a Rose na entrevista e confiram como participar!

Os torneios são exclusivos para mulheres, jogadoras cadastradas em nosso grupo no Facebook 

Os torneios ocorrerão nos dias:

Domingo, dia 28/08 às 20 horas

Domingo, dia 25/09 às 20 horas

Domingo, dia 30/10 às 20 horas 

Conte-nos um pouco de sua história, quando e como conheceu o poker.

Rose: Olá pessoal, meu nome é Rose! Sou estudante de educação física e antes de começar a jogar poker, eu dava aulas de tênis em um clube aqui da cidade (BH). No início de 2014 o tenista Rafael Nadal entrou para o PokerStars, foi quando eu vi as propagandas sobre o site e decidi aprender a jogar. Comecei a estudar o jogo nesta data, e mesmo dando aulas eu estudava umas 4hrs por dia, lendo livros, sites, blogs e vendo vídeos. Assinei algumas escolas de poker também. Em alguns meses os resultados começaram a aparecer e assim fiz mesa final de MicroMillions, Hot22, Cravei alguns torneios e construí um BR de mais de $3k, foi quando paguei meu primeiro coach.

Neste meio termo rompi o ligamento do punho, e precisei parar de dar aula para me preparar para um cirurgia, neste meio tempo conheci o Leo Bello.

543766_402066889876068_127456632_n

Como surgiu a oportunidade de fazer parte do Leo Bello Poker Team?

Rose: Quando precisei dar uma pausa nas minhas aulas, o poker já começava a dar resultados regulares, eu vencia com muita freqüência os SitnGos de 45p e 180p e já era lucrativa em Mtts. Sabia que se focasse em estudar iria melhorar bastante.

Nesta época o Leo criou o seu time e eu fiz inscrição no site dele para participar, fui selecionada, ele me ligou conversamos e fizemos o Deal! Eu queria conhecimento e ele alguém interessada em aprender e se dedicar. Então formou!

Tenho um aprendizado muito constante no time, já estou com o Leo a quase 2 anos, é meu terceiro contrato, e hoje sou coach do time também.

Aprendo um pouquinho todos os dias com ele e com outros jogadores, o clima no time é de muita amizade e companheirismo como uma família, todos tentam se ajudar como podem e isto é benéfico a todos.

TEAM LEO BELLO

Como ocorreu a profissionalização? Já vivenciou uma grande downswing? Se positivo, quais atitudes tomou para superar essa fase?

Rose: Ocorreu no início de 2015 quando precisei me afastar do tênis e resolvi me dedicar exclusivamente ao poker como trabalho, mas mantendo a faculdade à qual estou quase me formando.

Entrei no time em Agosto/2014 e até a metade de Dezembro, cerca de 3 meses, tive uma downswing terrível -3k dólares! Os motivos foram que eu estava acostumada a jogar Mtt bem micro e SnG até $3.50 e de repente passei a jogar Mtts até $13.50, e eventualmente de $22 e cortei os SnG. Além disso, passei a jogar cerca de 700 mtts/mês. Isso tudo teve um impacto gigante no meu jogo, eu não estava preparada nem tecnicamente muito menos emocionalmente pra aquilo e logo os números mostraram isto. Foi uma fase onde quase eu desisti do poker, conversei muitas vezes com o Leo sobre isso, mas ele nunca me deixou desistir. Ele sempre enxergou em mim um potencial que eu mesma em alguns momentos duvidava. Então com paciência eu voltei a jogar SnG e diminui meu average buy in e naturalmente voltei a vencer tanto nos SnG quanto nos Mtts, também mudei os horarios de grind, buscando os horários mais “fáceis”, fiz várias FTs de mtts e venci alguns.
Até que finalmente no dia 1 do Scoop eu fiz HU num torneio regular e ainda me classifiquei pro dia 2 do Scoop, no dia seguinte acordei e antes do grind conversei por 1 hora com o Leo sobre várias coisas inclusive estratégia para aquele momento e muito focada bati meu melhor prêmio até então fazendo Deal no 5handed e levando a premiação do 3° lugar,  dali em diante as coisas fluíram com naturalidade.

Como é a sua rotina?

Rose: Atualmente minha rotina é super corrida, pois tenho que conciliar dar coach com ser jogadora e confesso que ainda tem sido difícil, estou me adaptando mas o meu lado de grinder está sofrendo muito com isso, meu volume de jogos caiu demais e com isso menos retas finais e menos Fts.

Por outro lado a parte de coachs vai indo bem.

Dou coach no time 2 a 3 vezes por semana além de outras obrigações da função, e dou coach particular mais 2 vezes (pelo menos).

Geralmente coach no time na parte da manhã Segunda e Sexta feira as vezes em grupo, as vezes para um jogador específico e após isso eu grindo.
Alguns dias eu faço live session com alguns jogadores mais iniciantes do time também, para eles verem aplicando o jogo na prática.

Eu “tento” fazer uma caminhada na parte da manhã antes das atividades, confesso que nos últimos 40 dias tem sido puxado, mas eu tento e não tenho dúvidas que quando faço isso me ajuda demais da conta!

E tiro um dia da semana pra ficar off poker. Assisto seriados, jogo video game, vou ao cinema e durmo mais que a cama kkkkk.

11838937_870451069704312_7109150599845718708_o

O que a motivou a contribuir com o nosso projeto?

Rose: Resolvi contribuir para o projeto porque sei da dificuldade que o grupo tem em conseguir ajuda externa e achei que poderia contribuir de alguma forma. Como vocês leram acima a minha rotina está bem apertada mas eu sei que poderia encaixar um coach mensal para ajudar jogadoras aqui do grupo a evoluírem mais, e se darem melhor nos torneios.

A mensagem que eu deixo é que se estiver disposta a dedicar mesmo e focar muita energia nisto é possível. Acreditem quando eu digo que não é e nunca será fácil, principalmente na parte emocional, pois passamos por momentos muito difíceis no jogo que afetam a vida pessoal. Mas com muita calma, dedicação e alguém mais experiente te ajudando as coisas ficam menos difíceis.

Agradeço a parceria do grupo e fiquem a vontade para entrar em contato comigo. Vou deixar algumas formas de contato abaixo.

Um beijo a todas e vamo que vamo!
#euacredito!

rose-gambit

Contatos:

Facebook 

Página Facebook

Site

Twitter

Nick Betmotion: “RoseGambit”

Nick PokerStars: “Rose Gambit”

 

Anúncios

Ranking Ladies by Queens of Poker 2016

Então meninas! Chega de férias!!! Começando o terceiro ano do Queens of Poker com grandes novidades!

Estamos muito felizes por conseguir novamente parcerias importantes que nos apóiam, investem e acreditam no potencial do público feminino no poker!

Conosco desde o início desse projeto, nosso super parceiro, Betmotion, garantirá 100 dólares por etapa e premiará as três melhores colocadas do Ranking Mensal com dinheiro, para dar aquele up na bankroll!

A grande novidade é que premiaremos as DEZ melhores colocadas no Ranking Anual com o buyn do Evento Ladies Only do BSOP Millions! Cortesia do Betmotion e da nossa nova parceria de peso, o BSOP – Brazilian Series Of Poker!

BETMOTION

LOGO BSOP

Quer conquistar uma vaga para esse grande evento? Então inscreva-se em nossos torneios que ocorrem aos domingos, no Betmotion Poker!

Para participar, basta ter uma conta ativa no Betmotion e informar o nickname em nosso grupo no Facebook:

Grupo Facebook Queens of Poker

Se você já participou de algum dos nossos eventos só precisa se inscrever nos torneios, localizados na aba ESPECIAL do lobby do Betmotion.

 Leia abaixo o regulamento e participe!

 

Regulamento Geral

  1. O Betmotion Poker disponibilizará a partir de março de 2016 uma série de torneios semanais em que as jogadoras melhores classificadas somam pontos para o ranking do site, chamado Ladies by Queens ofPoker.
  2. Os torneios são em formato de “Freebuy”, ou seja, não há valor de inscrição, podendo participar qualquer jogadora que tenha uma conta ativa no Betmotion Poker. Há as opções de rebuy no valor de $0,55 (55 centavos de Dólar para 2 mil fichas) ilimitados na primeira hora, mais add-on de $0,55 (55 centavos de Dólar para 4 mil fichas). Inscrição tardia até o final da primeira hora/final do rebuy.
  3. As etapas ocorrerão uma vez por semana, sempre aos Domingos às 19h00 (horário de Brasília) e terão como premiação o valor de $100 (Cem Dólares) garantidos que serão distribuídos entre as 15% melhores colocadas de cada etapa.
  4. O ranking mensal será disputado em 4 (quatro) etapas/torneios. Agenda de torneios:Calendário
  5. O sistema de pontuação para as jogadoras respeitará o seguinte critério:Pontuação
  6. O critério que determinará as ganhadoras será os pontos acumulados nas etapas.
  7. Em caso de empate de pontos o critério de desempate para cada fase será o número de mesas finais que cada jogadora empatada fizer. Caso o empate persista, será analisado o desempenho em termos de posições nas mesas finais para determinar a ganhadora.
  8. BetmotionPoker , BSOP e Queens ofPoker poderão divulgar, a seu critério, o apelido e nome das jogadoras, bem como a classificação e mãos jogadas por qualquer jogadora a título de informação nos meios que achar mais adequado. Poderá ainda solicitar uma foto para a divulgação da competição e/ou algum depoimento e/ou entrevista.
  9. As etapas poderão sofrer alteração de horário de acordo com o horário de verão vigente na data, eximindo o Betmotion de qualquer problema que possa ocorrer por conta disso.
  10. Inscrição: Os torneios serão para convidadas. As participantes deverão ser membros do Grupo Queens ofPoker no Facebook e através deste canal informar nome e nickname no BetmotionPoker, observando a devida antecedência. Informar no dia do evento não garantirá a participação no mesmo. O ranking é aberto somente para pessoas do sexo feminino.
  11. Premiação dos Rankings mensais: a campeã ganhará setenta dólares, vice campeã trinta dólares e a terceira vinte dólares, prêmios que serão creditados diretamente nas respectivas contas, no Betmotion Poker.
  12. Premiação do Ranking Anual: as campeãs serão definidas pela somatória de pontos de todos os Rankings mensais, de março a novembro. Se houver empate, serão considerados os critérios de desempate descritos no item número 7. As campeãs ganharão buy-in do Ladies Event do BSOP Millions, cortesia do BSOP e Betmotion. Poderá ser solicitada a caracterização com boné, patches ou camiseta do BetmotionPoker, Queens of Poker e BSOP/Grupo SuperPoker durante o evento.
  13. Não há data definida para o BSOP Millions e podendo este ocorrer antes do término das etapas pré agendadas, o BetmotionPoker poderá encerrar o Ranking, com a finalidade de determinar as campeãs do ano, a qualquer momento.
  14. Os prêmios acima descritos não poderão ser trocados ou substituídos por dinheiro.
  15. O Ranking é exclusivo para mulheres. No caso de existir um jogador do sexo masculino, os prêmios não serão concedidos. Poderão ser solicitados documentos oficiais para fins de comprovação.

Torneio CT Super Poker e Queens of Poker

BANNER

Desde a criação do Queens of Poker sempre buscamos parcerias que proporcionem oportunidades de crescimento para as mulheres no Poker. É com muita alegria que anunciamos a parceria com o CT Super Poker, a melhor escola online de poker!

Para lançar nossa nova parceria, torneio especial com 100 dólares garantidos mais uma assinatura mensal do CT Super Poker para a campeã!

Torneio EXCLUSIVO para mulheres!

Todas as meninas que jogaram o nosso Ranking de 2014 já estão aptas para inscrição no torneio.

LOBBY

Quem ainda não participou de nenhum de nossos eventos, participe do nosso grupo no Facebook e solicite o convite para os nossos torneios e fique por dentro de nossas promoções!

Link grupo https://www.facebook.com/queensofpokerbr

Fanpage https://www.facebook.com/queensofpokerbr

Twitter @queensofpokerbr

Liga Millions Queens of Poker

Quer jogar o BSOP Millions? A Liga Millions Queens of Poker premiará a campeã com o buyn do Main Event que terá 5 milhões garantidos em premiação! Segunda e terceira colocadas ganharão o buyn do Ladies Event do BSOP Millions que terá 30K garantidos!

Serão quatro etapas aos domingos, nos dias 19/10, 26/10, 02/11 e 09/11/2014. As campeãs serão definidas pela somatória de pontos de todas as tapas.

Confira o regulamento e participe!

 

Regulamento Geral 

  1. O Betmotion Poker disponibilizará uma série de quatro torneios semanais em que as jogadoras melhores classificadas somam pontos para Ranking, chamado Liga Millions Queens of Poker.
  2. Os torneios são no formato de Freebuy, podendo participar qualquer jogadora que tenha uma conta ativa no Betmotion Poker. O buyn será free, rebuys USD 2 (2 dólares para 2 mil fichas) ilimitados na primeira hora, mais add-on de USD 2 (2 dólares para 4 mil fichas). Inscrição tardia até o final da primeira hora/final do rebuy.
  3. As etapas ocorrerão nos dias 19 e 26 de outubro e 02 e 09 de novembro, sempre aos domingos às 18h00 (horário de Brasília).
  4. O sistema de pontuação para os jogadores respeitará o seguinte critério:

Pontuação

  1. O critério que determinará as ganhadoras será os pontos acumulados nas etapas.
  2. Em caso de empate de pontos o critério de desempate será o número de mesas finais que cada jogadora empatada fizer. Caso o empate persista, será analisado o desempenho em termos de posições nas mesas finais para determinar a ganhadora.
  3. Betmotion Poker e Queens of Poker poderão divulgar, a seu critério, o apelido e nome das jogadoras, bem como a classificação e mãos jogadas por qualquer jogadora a título de informação nos meios que achar mais adequado. Poderá ainda solicitar uma foto para a divulgação da competição e/ou algum depoimento e/ou entrevista.
  4. Inscrição: Os torneios serão para convidadas. As participantes deverão ser membros do Grupo Queens of Poker no Facebook e através deste canal informar nome e nickname no Betmotion Poker, observando a devida antecedência. Informar no dia do evento não garantirá a participação no mesmo. O ranking é aberto somente para pessoas do sexo feminino.
  5. Premiação do Ranking: a Campeã ganhará o buyn do Main Event do BSOP Millions no valor de 3 mil reais, cortesia do Igor Trafane “Federal”, Presidente da CBTH, 2ª e 3ª colocadas ganharão buyn do Ladies Only com 30K garantidos no valor de 460 reais, cortesia do Betmotion. Os eventos ocorrerão entre os dias 25/11 e 03/12/2014 em São Paulo. As Campeãs jogarão os eventos caracterizadas com bonés, patches ou camisetas do Betmotion Poker e Queens of Poker.
  6. Os prêmios acima descritos não poderão ser trocados ou substituídos por dinheiro. Caso a(s) ganhadora(s) não possam comparecer ao evento, a premiação será revertida para a jogadora que tenha galgado a posição imediatamente posterior a(s) referida(s).
  7. No caso de existir um jogador do sexo masculino, os prêmios não serão concedidos. Poderão ser solicitados documentos oficiais com foto.

O saldo da WSOP 2014

 

Chega ao fim (ou quase) a WSOP 2014. Como espectadora pude perceber a invasão de brasileiros na Sin City, o que é muito bacana pois nos dá uma ideia da proporção que o Poker está tomando no Brasil. Porém há dois fatos, ou melhor, personalidades que se destacaram: Daniel Colman e Bruno Politano, o Foster.

Daniel Colman protagonizou uma polêmica no Big One for One Drop, evento com buy-in de um milhão de dólares, após vencer Daniel Negreanu no HU e sagrar-se campeão. Sua recusa em dar entrevistas somada a declaração justificando a mesma (que pode ser conferida neste link, matéria do Pokerdoc), foram mais emblemáticas que sua vitória.

Fato que me levou à uma reflexão, pois sou uma apaixonada pelo Poker. Isso nunca me impediu de ter uma visão crítica, tampouco de tomar atitudes afim de ao menos tentar contribuir para uma mudança positiva no que acredito ser necessário. Que o Poker é um universo ainda majoritariamente masculino, é sabido. Falando muito honestamente, me incomoda a pouca representatividade feminina e passei a questionar sobre os motivos para tal. Tentar buscar respostas se mostrou mais que improdutivo, assim nasceu o Queens of Poker. Ele ainda é um “bebê”, criado há poucos meses, mas tive gratas surpresas quanto ao Grupo: pessoas que acreditaram no nosso projeto e a união das gurias, sempre super receptivas para conosco e principalmente, torcendo umas pelas outras. Isso muito me comove, se tratando de uma atividade individual e altamente competitiva.

O Grupo demanda trabalho e tempo, que é muito restrito para mim, além dos parcos recursos que disponho. Sempre tive em mente a inserção e crescimento das mulheres no Poker, com o cuidado de não virarmos uma “distribuidora de brindes”. Queríamos algo que agregasse e criasse oportunidades. Com isso em mente, batemos de “porta em porta”, onde encontramos o “sim”, o “não” e as vezes nem a resposta. É bem triste esta última, pois tentamos fazer algo diferente, visando o crescimento do esporte em um público mais que promissor. Uma resposta é mais que gentileza, é consideração, humildade e respeito.

Sou muito grata a minha amiga Mercedes Henriques que mais que contribui, sem ela este não seria possível, ao Betmotion, nas pessoas do Leonardo Baptista e Fabrício Murakami que acreditam em nosso projeto e o tornaram possível. Khatlen Guse e Marco Naccarato são dois presentes que o Poker me trouxe, obrigada amigos! Tio Max, agradeço pelo espaço que nos cedeu e por proporcionar a mim, uma jogadora amadora, disputar eventos que minha bankroll não permite. A vocês amigos e parceiros do Poker que nos ajudam na divulgação do Queens of Poker, muito obrigada.

Dito isto, gostaria muito que Daniel Colman tomasse uma atitude afim de mudar o que acredita estar errado no Poker. Se eu posso fazer algo, ele com mais recursos e sob todos os holofotes do Poker, pode fazer muito mais. Acredito que atitudes falam mais que palavras e não gostaria que uma discussão tão pertinente quanto a levantada por ele findasse com uma imagem, a imagem de um homem sobre uma montanha de dinheiro com a mensagem “faça o que eu falo, mas não faça o que eu faço”.

Deixando o “lado sombrio”, Bruno Foster: que belo presente nos deu. Empunhando nossa bandeira com orgulho de ser brasileiro, dividindo conosco esta grande conquista, o primeiro brasileiro na FT do Main Event da WSOP. Deste show de poker e patriotismo, obrigada! Obrigada principalmente por mostrar o “lado bom” do Poker.

Lízia Trevisan

Twitter @liziatrevisan

Entrevista para a Revista Betmotion

A Gabriela Salles, jornalista da Revista Betmotion, fez uma entrevista super bacana conosco!

Perguntas pertinentes, que nos deram a oportunidade de falar mais sobre a ideia e o projeto.

Agradecemos muito por nos ajudar a divulgá-lo!

Confiram!

http://revistabetmotion.com.br/destaques/queens-poker-nova-sensacao-esporte/

Participem do Freeroll exclusivo da Revista Betmotion!

Freeroll Revista Betmotion

 

 

Ranking BetMotion Ladies by Queens of Poker

Olá lindonas!

É com grande satisfação que anunciamos nosso novo Ranking em parceria com o BetMotion!

logo-betmotion

Serão oito meses de muito poker, com torneios freerolls com 50 dólares garantidos e super prêmios paras as melhores colocadas de cada mês.

A grande vencedora do ano jogará o MAIN EVENT do BSOP MILLIONS, com buyn e estadia patrocinados pelo BetMotion!

Em nosso grupo no Facebook ocorrerá as inscrições, pois somente convidadas participarão.

Corra e garanta a participação, o primeiro torneio ocorrerá na quarta feira, dia 02/04/2014.

Confira o regulamento e fique por dentro de todos detalhes!

https://queensofpoker.net/ranking/

Nos vemos nas mesas!

 

 

A explosão dos Poker Teams – Milena Magrini

Dando continuidade à série de entrevistas com as Musas dos Teams do Betmotion, conversamos com a Milena Magrini, integrante do CCK Poker Team e mesa finalista da 1ª Etapa do Main Event do BSOP 2014.

Super solícita, ela compartilha conosco um pouco de sua história no Poker e suas aspirações.

Milena Magrini CCK Poker Team
Milena Magrini
CCK Poker Team

 

Queens of Poker: Como foi teu primeiro contato com o Poker?

Milena: Meu primeiro contato com o poker foi em 2005 com um ex namorado! Lembro que ele imprimiu para mim as regras e jogadas do Poker e me botou para estudar!!! rsrs Logo em seguida começamos a ir em um Home Game na casa de uns amigos em Jaú, onde morava, e nunca mais parei de jogar!

MILENA 05

Queens of Poker: Em algum momento pensou em desistir? Se positivo, por quê?

Milena: Sim, no ano de 2013 passei por momentos difíceis e acabei desacreditando nas pessoas, mas minha vontade de vencer e meu amor pelo Poker falou bem mais alto e aqui estou.

Queens of Poker: Como surgiu a oportunidade de fazer parte do Team do Betmotion?

Milena: A Beatriz Fonseca, minha amiga e que também é do time, entrou no Troll Team e me indicou. Logo em seguida participamos do projeto Ladies e hoje estamos no CCK, o divisor de águas na minha carreira

Queens of Poker: Os eventos ao vivo também são patrocinados?

Milena: Sim, todos os lives são patrocinados pelo Betmotion!

MILENA 01

Queens of Poker: Obtiveste um grande resultado no Main Event da 1ª Etapa do BSOP SP. Qual foi o momento mais difícil no torneio?

Milena: Acho que foi na mesa semifinal, quando fui para a mesa da TV. Senti um pouco a pressão, mas depois vi que foi melhor assim, fui me acostumando e as mensagens que recebi de toda a galera me deram forças para continuar!!

MILENA 03

Queens of Poker: Usaste uma estratégica específica em algum momento do torneio, como para passar para o dia B ou na bolha?

Milena: Ah, eu joguei o joguinho, rsrsrsrs!! Em cada mesa que eu sentava eu procurava avaliar os jogadores e aprimorar meu jogo, não fiz nada de diferente, apenas tive muita calma, paciência e pensava bastante antes de qualquer jogada.

Queens of Poker: Qual o sentimento em chegar na FT do evento nacional mais importante?

Milena: Nossa, foi a melhor coisa que eu senti. Claro que é uma reponsabilidade muito grande, porém foi muito bom receber todas as mensagens de força e apoio, toda a energia positiva vindo do Brasil todo, foi muito bom…e ter a possibilidade de cravar o maior torneio nacional é demais…!!

Queens of Poker: Uma mão marcante na FT foi o all in contra o jogador Paraguaio em que estava na frente pré flop (AKo x 76s). Como avalia a jogada dele? Mudaria algo na ação?

Milena: Essa foi a mão do torneio, se eu ganhasse esse pote, ficaria muito bem. Tomei a famosa “bad”, mas isso faz parte do jogo. O Paraguaio tinha 10 BBs e também era um jogador agressivo. A minha jogada foi normal, ele me tribetou deixando pouca ficha para trás, eu tinha que dar all in e ele já estava comitado, não tinha como foldar mais, e aconteceu o que todo mundo viu, baaad! Não mudaria nada na ação.

Queens of Poker: Quais tuas metas para 2014?

Milena: Minha meta é continuar grindando online e live, estudar mais, desenvolver mais meu jogo, jogar todas as metas do BSOP por causa do Ranking e ser feliz por fazer o que eu amo. Quero muito ver mais mulheres no pano também! Bora mulherada!

Mensagem paras as mulheres jogadoras de poker.

Mulherada, não tenham medo, nós somos capazes de jogar com os homens de igual para igual sim, venham jogar, vão sentir a melhor emoção do mundo ao sentar em uma mesa de Poker, nós temos uma força incrível…

Mulheres no topo sempre!!!

Twitter : @milenamagrini

Nick Betmotion : mimagrini

A explosão dos Poker Teams – Beatriz Fonseca

Com o BOOMM do Poker o Mercado cresceu na mesma proporção que os jogadores (estima-se que o Brasil é o País com o maior crescimento em número de players). Não são só as Salas, Clubes, Escolas Online, …, com a tão almejada profissionalização, vemos um grande número de Teams.

Mas o que é um Team? Como funcionam? Por que fazer parte de um?

Para nos ajudar a responder estas questões, convidamos as Meninas que fazem parte de Teams da Sala de Poker Betmotion. Todas muito solícitas! Agradecemos por compartilharem suas experiências conosco!

Para iniciar essa série de bate papo, contamos com a colaboração da Beatriz Fonseca, integrante do CCK Poker Team.

Beatriz Fonseca CCK Poker Team
Beatriz Fonseca
CCK Poker Team

 

Queens of Poker: Como foi teu primeiro contato com o Poker?

Beatriz Fonseca: Foi através de um ex namorado que jogava recreativamente, não gostava que ele jogasse, mas de tanto insistir, acabei criando uma conta num site pra jogar dinheiro fictício, ele me ensinou o básico do básico, coisas como “tem que fazer par” rsrs Nós terminamos, eu continuei e ele parou.

Queens of Poker:  Como surgiu a oportunidade de fazer parte do Team do Betmotion?

Beatriz Fonseca: Meu primeiro contato com um time do betmotion foi através do CCK em 2012, o Andrei “Porco Espinho” me convidou pra fazer parte do time logo no início, eu não tinha a menor noção de poker mesmo, era muito, muito, muito ruim e acabei saindo. No início do ano, um amigo me indicou para o Troll Team e com as aulas do Bruno Jerônimo, pude aprender um pouco mais. Logo depois veio a oportunidade de fazer parte do Ladies Team por um curto período de tempo e, aí veio o divisor de águas pra mim, o meu retorno pro CCK em Agosto/2013.

Queens of Poker: É casada ou namora? O parceiro e família apoiam?

Beatriz Fonseca: Não sou casada e nem namoro. Minha família não aceitava no início, mas depois viram que era realmente o que eu queria e hoje me dão total apoio, torcem e incentivam. Meu pai até me cobra nos dias que me vê sem jogar rsrsrs

Queens of Poker:  Como é sua rotina?

Beatriz Fonseca: Normalmente inicio o grind as 14h e vou até 1h, faço tudo o que tenho pra fazer antes desse horário pra poder jogar tranquila e focada. Quando vou para os lives, procuro descansar o máximo que posso antes da viagem e dormir o mais cedo possível nos dias de jogo.

Queens of Poker:  O Team oferece coach? Como funciona? Quem ministra?

Beatriz Fonseca: Sim, temos coachings semanais com os instrutores do CCK, Flávio Nakatani (um dos maiores ganhadores da rede microgaming) e o Carlos “Bola de Gude” Galvão, feitos com reviews de torneios dos próprios jogadores do time e também de alguns profissionais que eles achem interessante pro nosso aprendizado, além do acompanhamento diário via áudio em todas as retas finais.

Queens of Poker:  Quais outros benefícios há em fazer parte do Team?

Beatriz Fonseca: Trocar experiências com os outros jogadores, não só sobre o game em si, mas sobre a rotina e também sobre problemas. Posso dizer que o nosso benefício no CCK é sermos uma família, um cuida do outro, se preocupa, brinca e aprende. O Poker mexe muito com o psicológico e ter pessoas ao lado que te fortalecem e te empurram pra frente é maravilhoso. Além de acompanharmos o jogo uns dos outros e ter a oporunidade de corrigir os leaks em tempo real.

Queens of Poker:  Qual a média de deal dos Teams?

Beatriz Fonseca: Gira em torno de 25 a 50%, dificilmente vai ser mais do que isso.

Queens of Poker:  Tempo de dedicação?

Beatriz Fonseca: Eu acredito que o poker exija tempo de dedicação integral, tudo o que você vai fazer, tem que pensar se não vai afetar a sua disposição e o tempo de estudo individual que é muito importante,  até enquanto você está acompanhando alguém  em alguma reta está se dedicando, aprendendo e aprimorando seu jogo.

Queens of Poker:  Como é a relação com os demais integrantes?

Beatriz Fonseca: O pessoal do CCK se trata como uma família mesmo, temos uma relação bem gostosa, nos damos bem, brincamos, brigamos as vezes, mas nos respeitamos muito.

Queens of Poker:  Os eventos ao vivo são patrocinados?

Beatriz Fonseca: Sim, não acontece em todos os casos, mas no meu são sim.

Queens of Poker:  O Poker é tua única profissão ou exerce mais alguma atividade?

Beatriz Fonseca: Não, me dedico somente ao poker.

Queens of Poker:  O que mudou no teu jogo e na tua vida ao fazer parte do Team?

Beatriz Fonseca: Tudo rsrs Aprendi a ter disciplina, a trabalhar em grupo, ficar feliz pelo resultado dos outros. O meu jogo de junho/2013 pra hoje melhorou absurdamente, não tem nem como comparar, ter alguém te acompanhando o tempo todo e te corrigindo, te fazem crescer muito em pouquissimo tempo. É como aprender inglês em uma escola ou ir morar fora.

Twitter @beatrizlfonseca

Nick Betmotion beafonseca